Como fazer Polvo – Em busca do polvo perfeito

A carne do polvo é uma das mais difíceis de se encontrar o ponto certo e existem muitos mitos e jeitos malucos de se fazer polvo se você procurar na internet. Cheguei a ler para colocar o polvo na máquina de lavar e centrifugar para amaciar a carne… hahahaha…

Em busca do polvo perfeito, fiz diversas experiências em casa (menos a da centrifuga) e não é preciso inventar muito coisa (e nem ter tanto trabalho assim) para que seu polvo fique maravilhoso.

Existe uma diferença grande de consistência ideal, dep3endendo do prato que você vai fazer. Para saladas, eu prefiro o polvo um pouco mais forme, para sushi, mas tenro e para grelhar o meio precisa estar macio.  Essas diferenças consistências vão depender do tempo de cozimento, então não bata no pobrezinho do polvo, também não precisa passar o rolo dele e nem amaciar a carne “na porrada” de nenhuma maneira. Isso acaba deformando as ventosas e seu polvo não vai ficar bonitão depois do cozimento. Confia!

O que funciona muito bem é o choque térmico, mas também tem jeitos diferenças de fazer este choque.

POLVO PARA SALADAS

Deixe o polvo no congelador por uns 20 minutos antes de colocá-lo para cozinhar. Pegue uma panela, coloque os temperos da sua preferência , eu sempre faço com 1 cebola grande picada, orégano, pimenta do reino e 2 folhas de louro. Encha a panela de água para que a quantidade consiga cobrir o polvo (sem colocar o polvo) e deixe ferver. Quando estiver borbulhando, coloque o polvo de uma vez e deixe lá por 45 a 50 minutos.

Você também pode fazer o mesmo processo na panela de pressão, que eu prefiro porque é mais rápido, mas o polvo fica apenas 15 minutos.  Ele vai ficar macio, mas com a consistência mais firme, ideal para saladas.

                     Foto retirada do site Pingo Doce.

POLVO GRELHADO

Para fazer o polvo grelhado eu gosto dele um pouco mais mole para ter aquela diferença da “casquinha” crocante e o interior mais macio. Mas para o polvo grelhado existe um truque especial” Você precisa dar o choque térmico nele 3 vezes, pois o ideal é que a pele não desgrude dos tentáculos para quando grelhar ficar com a aquela cor avermelhada linda, esse choque “garante” que a pele não desgrude. Digo, “garante” porque você precisa ter cuidado para manusear depois de tirar da panela.

Deixe o polvo no congelador por 20 minutos, tempere a água a sua maneira e deixe-a ferver (mesmos passos que já falei acima), quando estiver fervendo você coloca o polvo na água e conte 5 segundos…..1 elefante…2elefantes….3elefantes…..4 elefantes….5 elefantes… retire e reserve, espere a água ferver de novo e faça isso mais 2 vezes. Espere a água ferver de novo e coloque o polvo lá dentro, se for panela de pressão deixe por 25 minutos, se for panela normal 1 hora e 10 minutos. O polvo praticamente derrete quando você tira ele da panela, então tome cuidado para não cortar a pele.

Para grelhar, em uma chapa ou frigideira grande coloque azeite suficiente para fritar seu polvo e não grudar e coloque o polvo, vire quando a cor mudar para vinho bem forte ou quando achar que está bom. Eu dou uma batidinha com um garfo e se ele estiver “durinho” (faz aquele “tec tec”) já está bom, como seu polvo já está “pronto” esse processo é só pra deixar aquela casquinha gostosa” não precisa ficar muito tempo.

 

                    Essa é minha mesmo… rsrsrs

 

POLVO DO SUSHI

O polvo do sushi precisa derreter na sua bolsa, para isso fazemos 2 choques, um do frio pro quente e outro do quente pro frio, para ele parar de cozinhar, uma vez que o preparo do sushi é um pouco mais demorado que a montagem de um prato.

Coloque o polvo no congelador por 20 minutos antes de cozinhá-lo. Em uma panela, coloque a cebola picada, 1 xícara de Shoyo e 1 xícara de Sakê e água para completar a panela até cobrir o polvo (sem colocar o polvo), deixe ferver. Faça o mesmo processo do choque térmico por 3 vezes, depois da terceira, deixe por 20 minutos na panela de pressão ou 45 na panela normal. Quando tirar o polvo da pressão, coloca imediatamente em uma vasilha com água e gelo para interromper o cozimento.

Para cortar o polvo, use uma faca super hiper bem afiada, você corta na perpendicular do tentáculo, infelizmente eu esqueci de fazer as fotos. Mas vou fazer um especial sushi na próxima semana e conto isso pra vocês com detalhes e passo a passo! =)

           Foto retirada do site Sushi a La Carte.

Espero que tenham gostado e que façam polvos maravilhosos na casa e vocês! Me contem tudo!

 

 

 

1 thought on “Como fazer Polvo – Em busca do polvo perfeito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *